quinta-feira, 7 de junho de 2012

Organelas Citoplasmáticas ( 2ª série EM)

 

>> Citoesqueleto

 

     Estrutura exclusiva das células eucariotas. É organizada a partir de proteínas fibrosas como os micrtotúbulos e filamentos intermediários. Define a forma da célula e organiza sua estrutura interna; permite a adesão da célula a células vizinhas e à matriz extracelular; possibilita o deslocamento de materiais no interior da célula.

 

>> Mitocôndria

     São organelas membranosas presentes em praticamente todas as cèlulas eucariotas. Em seu interior, ocorre a respiração celular, principal processo de obtenção de energia pelos seres vivos eucarióticos. Apresentam uma dupla membrana e uma molécula de DNA próprio, o que corrobora a teoria endossimbiótica.

 

>> Complexo golgiense

 

     Estrutura formada por bolsas membranosas achatadas (cisternas) e empilhadas umas sobre as outras. Atua na modificação de proteínas produzidas pelo Retículo endoplasmático, que são posteriormente separadas e empacotadas em bolsas membranosas (vesículas) para serem encaminhadas aos locais de destino onde atuarão.

>> Peroxissomo

     Organelas membranosas presentes em células animais e vegetais que possuem diversas enzimas oxidases, cuja ação produz peróxido de hidrogênio (H2O2); que é uma substância tóxica ao metabolismo celular. Essas organelas possuem também a enzima catalase, que metaboliza o peróxido em água e gás oxigênio.

 

>> Lisossomo

 

     São  bolsa membranosas que contêm enzimas digestivas capazes de digerir grande número de substâncias orgânicas. Possuem uma função heterofágica, digerindo materiais capturados pela célula, e uma função autofágica, digerindo estruturas e partes da própria célula.

 

>> Centríolos

     Cilindro proteico presente na maioria das células eucariotas, com exceção de plantas e fungos. Estão localizados no centrossomo, local de onde partem os microtúbulos do citoesqueleto. O centrossomo e os centríolos têm papel nos processos de divisão celular.

 

>> Retículo endoplasmático granular ou rugoso

     Vasta rede de bolsas e tubos membranosos que preenche boa parte do citoplasma. O retículo endoplasmático granular apresenta em sua superfície ribossomos envolvidos na síntese de proteínas e no transporte delas pelo citoplasma.

 

>> Retículo endoplasmático agranular ou liso

     Vasta rede de bolsas e tubos membranosos que preenche boa parte do citoplasma. O retículo endoplasmático agranular está envolvido na síntese de ácidos graxos, lipídeos, esteroides, glicoproteínas. Ele apresenta, também, enzimas envolvidas no metabolismo de toxinas como pesticidas e álcoois.

 

>> Núcleo

     Organela na qual concentra-se o material hereditário da célula, o DNA. Responsável por produzir as moléculas de RNAm, que codificam a síntese das diferentes proteínas.

> Carioteca: envoltório nuclear. Dupla membrana contínua com a membrana do retículo endoplasmático.

> Nucléolo: local do núcleo com intensa síntese de RNA ribossômico (RNAr).

> Cromatina: indica o conjunto de cromossomos presente no núcleo celular. A heterocromatina (cromatina condensada) corresponde às regiões dos cromossomos que se mantêm permanentemente condensadas, mesmo quando a célula não está se dividindo, e seu DNA metabolicamente inerte. Os genes ativos da célula localizam-se na eucromatina, ou cromatina frouxa.

> Nucleoplasma: ou cariolinfa, é a solução aquosa que envolve a cromatina e os nucléolos. Nela estão presentes diversos tipos de íons, moléculas de ATP, nucleotídios e diversos tipos de enzimas.

 

Célula Vegetal

>> Parede celular

    É um revestimento externo à membrana e está presente nas células vegetais, de fungos e de baactérias.

     É dotada de grande resistência o que confere proteção e sustentação à célula. Nas algas e plantas, a substância mais abundante da parede celular é a celulose.

>> Plastos

     São organelas presentes apenas em células de plantas e algas. podem ser de três tipos básicos:

>> leucoplastos (incolor)

>> cromoplastos ( amarelos ou vermelhos)

>> cloroplastos ( verde)

Cloroplasto

 

    Os leucoplastos estão associados ao armazenamento de amido em certas raízes e caules. Os cromoplastos são responsáveis pela coloração de certos frutos, flores e das folhas que tornam-se amareladas ou avermelhadas. os cloroplastos apresentam clorofila e estão associados com a fotossíntese.

 

>> Vacúolo central

     Estrutura frequente nas células vegetais. Em células jovens, é pequeno e numeroso. Nas células adultas, os vacúolos se fundem formando um único e volumoso vacúolo. Os vacúolos são verdadeiras bolsas delimitadas externamente por uma membrana lipoproteica denominada tonoplasto. No interior do vacúolo, encontra-se o suco vacuolar, uma solução aquosa que pode conter açúcares, oléos, sais, pigmentos e outras substâncias. Atua no armazenamento de sais e outras substâncias, e também na regulação osmótica.

 

 

Imagens fonte: cbme.usp.br/playercbme/celulasvirtuais/video

 

gifs-Jolie-pet-tilibra--moldurasda-mel

Nenhum comentário:

Postar um comentário